Porto Alegre, segunda-feira, 16 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Energia

20/02/2018 - 14h52min. Alterada em 20/02 às 14h52min

Maia cria comissão para analisar projeto sobre privatização da Eletrobras

Venda das ações da estatal de energia está na lista de prioridades do governo federal

Venda das ações da estatal de energia está na lista de prioridades do governo federal


ELETROBRAS ELETROSUL/DIVULGAÇÃO/JC
Agência Brasil
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, determinou a criação de uma comissão especial para analisar o projeto de lei que trata da privatização da Eletrobras. A comissão será composta por 35 membros e 35 suplentes que devem ser indicados pelos partidos. Caso as lideranças não indiquem nomes, o presidente Maia pode fazer a indicação e instalar a comissão.
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, determinou a criação de uma comissão especial para analisar o projeto de lei que trata da privatização da Eletrobras. A comissão será composta por 35 membros e 35 suplentes que devem ser indicados pelos partidos. Caso as lideranças não indiquem nomes, o presidente Maia pode fazer a indicação e instalar a comissão.
A aprovação do projeto, que prevê a venda das ações da estatal, está na lista de prioridades que o governo anunciou nessa segunda-feira (19), depois de suspender a tramitação da reforma da Previdência.  Apesar da forte resistência que a matéria ainda enfrenta entre parlamentares da base governista e da oposição, a previsão do governo é de que o projeto seja votado até o final de abril.