Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 20 de fevereiro de 2018.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

Leitura

Notícia da edição impressa de 21/02/2018. Alterada em 20/02 às 18h05min

Governança e princípios inegociáveis

GOVERNANÇA Reprodução JC

GOVERNANÇA Reprodução JC


/REPRODUÇÃO/JC
Qualquer grande corporação, seja empresas privadas, públicas ou o Estado em si, tende ao fracasso sem governança ou com má gerência. O livro Governança 2.0: Como tornar uma organização eficiente trata, justamente, sobre temas relacionados à gestão corporativa e serve como um guia prático para os que buscam implantar um sistema de governança em suas entidades, seja a empresa tradicional ou o terceiro setor, representado pelas entidades sociais. Com formato inédito em publicações de livros empresariais, a obra traz textos curtos, consolidados por frases de alto impacto comunicativo e de leitura agradável.
Como se sabe, há uma nova perspectiva sobre os valores envolvidos nas relações, sejam elas profissionais ou não. A prática do bem e do correto no cumprimento dos objetivos organizacionais tem hoje grande importância na gestão. De acordo com o advogado e autor do livro, Roberto Cintra Leite o tema abordado ganha proeminência "em função das fraudes que existem no Brasil", trazendo a necessidade de novas formas de governança. Este livro esclarece como a governança corporativa auxilia na adesão a valores baseados em princípios que são, do ponto de vista universal, inegociáveis.
Para Cintra, a qualidade das empresas no futuro só será possível se adotados seis adjetivos no dia a dia da administração geral. Leveza, rapidez, exatidão, visibilidade, multiplicidade e consistência podem assegurar 20 anos de sobrevivência para as instituições, de acordo com o autor.
"A cultura formal está descrita nos manuais operacionais, os quais trazem sistemas, processos e procedimentos financeiros contábeis de produção e outros", introduz Cintra à obra, ele destaca que sempre há um confronto direto entre a cultura informal e cultura formal nas empresas. Ao decorrer da leitura são apresentados perfis de funcionários ideais para determinados fluxos de trabalho, causas da má gestão corporativa, além de diversas dicas para elevar a produtividade, a qualidade nas relações interpessoais e sobre a nova forma de governança, baseada em valores e princípios universais e inegociáveis.
Governança 2.0: Como tornar uma organização eficiente; Roberto Cintra Leite; Editora Trevisan; 213 páginas; R$ 64,00
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia