Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 28 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

judiciário

Notícia da edição impressa de 29/01/2018. Alterada em 29/01 às 00h02min

Gilmar Mendes é hostilizado em voo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes foi hostilizado por passageiros de um voo que partiu de Brasília rumo a Cuiabá (MT) neste sábado. As críticas ao ministro, que também preside o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foram registradas em vídeos compartilhados em redes sociais.
"Vai soltar o Lula também depois? E o Aécio?", questionaram passageiros. "O STF não presta para nada. Tem que fechar aquilo lá", continuaram, referindo-se ao ministro como "vergonha para o País", "vergonha para a família brasileira" e utilizando termos mais chulos como "cagão". O ministro não reagiu às manifestações.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia