Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 28 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Governo Federal

Alterada em 28/01 às 19h06min

Temer embarca para São Paulo onde fala ao vivo em programa de rádio

Presidente aparecerá no programa do Ratinho, no SBT, nesta segunda, que já foi gravado

Presidente aparecerá no programa do Ratinho, no SBT, nesta segunda, que já foi gravado


SBT/Divulgação/JC
O presidente Michel Temer embarcou no fim da tarde deste domingo (28) de Brasília para São Paulo. Nesta segunda-feira (29), às 8h30min, o presidente irá à sede da Rádio Bandeirantes, na capital paulista, onde concede entrevista ao vivo ao programa Jornal Gente, nos estúdios da emissora. Temer está fazendo uma nova rodada em programas populares para tentar melhorar a fraca aceitação que tem apresentado nas pesquisas de opinião.
A lista de investidas que o presidente está fazendo em diversos programas de televisão e rádio inclui, neste domingo, participação, também gravada, no programa Sílvio Santos, no SBT. Nesta segunda, o presidente aparecerá no Programa do Ratinho, às 22h15min, participação que foi gravada.
O presidente quer aproveitar os programas populares e de entrevistas em emissoras de rádio e TV, como um empurrão na tentativa de convencer a população da necessidade da aprovação da reforma da previdência. Explicando aos ouvintes e telespectadores, às vésperas da reabertura dos trabalhos do Congresso, Temer espera que a população possa ainda pressionar os deputados a apoiarem o governo, aprovando as mudanças. A votação está prevista para o dia 19 de fevereiro.
O Planalto precisa de 308 votos para garantir as mudanças previdenciárias. Mas, hoje, pelas contas do próprio governo, não chega a contabilizar 250. Ontem à noite, foi ao ar a entrevista gravada por Temer no programa de Amaury Jr. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia