Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 24 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Operação Lava Jato

Alterada em 24/01 às 15h26min

Após intervalo de uma hora, julgamento de Lula é retomado com voto de revisor

Desembargador Leandro Paulsen é o segundo a votar no julgamento de Lula

Desembargador Leandro Paulsen é o segundo a votar no julgamento de Lula


SYLVIO SIRANGELO/TRF4/DIVULGAÇÃO/JC
Folhapress
Após um intervalo de uma hora, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) retomou às 15h desta quarta-feira (24) a apelação do processo em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é réu. Lula é acusado de receber propina da empreiteira OAS por meio de um tríplex em Guarujá (SP).
A sessão foi retomada com a leitura do voto do juiz federal Leandro Paulsen, revisor do processo na corte. Antes do intervalo, o juiz federal João Pedro Gebran Neto, relator da apelação, confirmou a condenação em primeira instância e votou pelo aumento da pena do réu para 12 anos e um mês.
Em julho de 2017, o juiz Sergio Moro havia condenado o petista a nove anos e seis meses por corrupção e lavagem de dinheiro.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia