Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 23 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Operação Lava Jato

Alterada em 23/01 às 20h41min

Lula: aqueles que vão votar devem se ater aos autos e não a convicções políticas

Ao lado de Dilma, Gleisi e Manuela, Lula discursou em Porto Alegre

Ao lado de Dilma, Gleisi e Manuela, Lula discursou em Porto Alegre


MARIANA CARLESSO
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira (23), que já provou a sua inocência no caso do triplex do Guarujá. "Não vou falar do meu processo. Não vou falar da Justiça. Primeiro, porque tenho advogados competentes que já provaram minha inocência. Segundo, porque eu acredito que aqueles que vão votar (desembargadores da 8ª Turma do TRF-4) deverão se ater aos autos do processo e não às convicções políticas de cada um", afirmou.
Nesta quarta-feira, o Tribunal Regional da 4ª Região (TRF-4) julgará o primeiro recurso do ex-presidente no processo. Em julho do ano passado, o petista foi condenado a 9 anos e meio de prisão pelo juiz Sérgio Moro por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
Lula participa hoje de ato promovido pelo PT, no Centro de Porto Alegre. Ele discursou em cima de um carro de som, ao lado de políticos como a ex-presidente Dilma Rousseff, a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, o líder do PT no Senado, Lindbergh Farias, a presidente do PCdoB, Luciana Santos, e a pré-candidata à presidência da República pelo PCdoB, Manuela D'Ávila.
Lula chegou a Porto Alegre por volta das 17 horas desta quarta e viajou num avião particular. A previsão é que Lula volte para São Paulo ainda hoje e acompanhe o julgamento amanhã da capital paulista.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia