Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 29 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Espanha

Notícia da edição impressa de 30/01/2018. Alterada em 29/01 às 20h21min

Puigdemont pede imunidade para assumir o poder na Catalunha

O ex-presidente da Catalunha Carles Puigdemont pediu ao Parlamento regional que garantisse seu direito de participar da sessão marcada para hoje. Recebendo imunidade, ele poderia ser reeleito como líder da região espanhola sem ser preso.
O Tribunal Constitucional da Espanha informou que Puigdemont deverá obter uma permissão judicial para assistir à sessão. No sábado, o mesmo tribunal negou a possibilidade de ele assumir o governo a distância.
O líder separatista está foragido em Bruxelas, na Bélgica, desde outubro, quando desafiou as autoridades espanholas e declarou a secessão catalã unilateralmente. Ele é acusado de rebelião e sublevação. Seu governo foi dissolvido por Madri, que antecipou as eleições para 21 de dezembro no intuito de resolver a crise. Porém, partidos independentistas voltaram a ter maioria no Parlamento, com 70 assentos de um total de 135.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia