Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 17 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Internacional

CORRIGIR

União Europeia

17/01/2018 - 11h23min. Alterada em 17/01 às 11h25min

Macron receberá Merkel na sexta-feira para falar sobre futuro da Europa

Líderes também devem discutir as prioridades da União Europeia

Líderes também devem discutir as prioridades da União Europeia


JOHN MACDOUGALL/AFP/ARQUIVO/JC
Agência Brasil
O presidente da França, Emmanuel Macron, receberá nesta sexta-feira (19) a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, para abordar lado a lado o futuro da Europa e as prioridades do bloco comunitário, informaram nesta quarta-feira (17) fontes presidenciais francesas. O encontro de trabalho no Palácio do Eliseu, sede do governo da França, acontecerá na parte da tarde.
A visita será feita uma semana depois de Macron se declarar "feliz e satisfeito" pelo pré-acordo alcançado na Alemanha entre Merkel e o líder social-democrata, Martin Schulz, para a formação de um governo de coalizão.
O presidente francês destacou na sexta-feira passada em uma coletiva de imprensa que o pré-acordo "toma nota" dos atuais desafios da União Europeia (UE), como a imigração, o desenvolvimento e as fronteiras, razão pela qual, nesse contexto, é "encorajador".
O encontro será o primeiro entre ambos desde esse pacto com o qual, segundo Schulz declarou esta segunda-feira, os social-democratas assumem "a responsabilidade de liderança" que a Alemanha tem na Europa e situam o país ao lado da França para "reforçar a democracia".
Na quinta-feira e também em Paris, os ministros de Finanças de França e Alemanha, Bruno Le Maire e Peter Altmaier, respectivamente, terão uma reunião paralela para a preparação de propostas de reforma da zona euro.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia