Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 04 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Transporte

02/01/2018 - 13h45min. Alterada em 02/01 às 17h03min

Aeromóvel de Porto Alegre não funciona há cinco dias

Veículo conecta o Terminal 1 do Aeroporto Internacional Salgado Filho à estação da Trensurb

Veículo conecta o Terminal 1 do Aeroporto Internacional Salgado Filho à estação da Trensurb


FREDY VIEIRA/JC
O aeromóvel que conecta o Terminal 1 do Aeroporto Internacional Salgado Filho e a estação da Trensurb está há cinco dias sem funcionar. A Trensurb, que detém a operação do veículo sobre trilhos, informa que o serviço foi interrompido após problemas em uma peça de um dos ventiladores responsáveis pela propulsão, mecanismo que impulsiona o carro e fica na linha de transporte. A previsão é de retomada da ligação a partir das 5h desta quarta-feira (3), dentro do horário normal da linha.
É a segunda paralisação do serviço em menos de um mês. Outra interrupção havia ocorrido no começo de dezembro para manutenção na via de transporte. O trecho do percurso do aeromóvel é de pouco mais de um quilômetro. São dois carros que operam - com capacidade para 150 e 300 passageiros. A estatal diz ainda que havia previsão de troca da peça na segunda quinzena de janeiro. Com a falha, a substituição foi antecipada e deve ser feita nesta terça-feita (2).
A Trensurb ainda diz que, na manhã de sábado (30), foi feito um teste para operar com um ventilador, mas o rendimento "não foi satisfatório e havia risco da operação ter que ser suspensa no meio de uma viagem". Sem a ligação, que estreou em 2013 e oferece a facilidade de embarque e conexão direta entre a estação Aeroporto da Trensurb e o Terminal 1 (no piso de embarque), os usuários precisam descer no trem e fazer a pé ou usar ônibus da Infraero, que é gratuito. O bilhete do aeromóvel custa o mesmo de uma viagem de trem, que hoje é de R$ 1,70. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Celso Pereira 04/01/2018 10h57min
Imaginem esse modal funcionando em Canoas. Seria um caos. Deixariam o trabalhador na mão. Uma vergonha. nSem contar o fato de que na Trensurb são apenas dois sistemas de propulsão enquanto que em Canoas seriam em torno de 16, um não funcionando para tudo.
Celso Pereira 03/01/2018 18h12min
Eu avisei que este sistema era uma gambiarra tecnológica.