Natalia Caliari de Bona Diretora Geral da Composé Excelência Humana e Organizacional

Natalia Caliari de Bona Diretora Geral da Composé Excelência Humana e Organizacional Foto: /ARQUIVO PESSOAL

A futura relação entre líder e liderando

Liderança é um tema constantemente em pauta, estudado sob vários ângulos e com inúmeras publicações mundo afora. Embora haja vários conceitos contemporâneos sobre liderança, todos concordam que um verdadeiro líder é inspirador e possui uma postura colaborativa, baseada em relacionamentos saudáveis e construtivos.
Outro consenso é que só há um líder quando este possui seguidores de verdade ou, em outros termos, liderados. Não estamos falando de relações de chefias, onde há o chefe e seus subordinados. A pauta aqui são pessoas que realmente se conectam com o seu líder, independente da relação hierárquica.
Trago então uma provocação, para que possamos pensar fora da caixa. Se estamos falando da liderança em sua essência, onde o líder inspira verdadeiramente, motiva as pessoas a buscarem o seu melhor, que transforma ambientes em locais produtivos e de qualidade..., por que ele deve possuir seguidores ou liderados?
Na definição crua do dicionário, seguidor é aquele que segue o mesmo caminho, que persegue o líder na mesma rota. Todavia, um bom líder desenvolve e motiva os indivíduos para que construam novas rotas, para que descubram outros caminhos e usem todo seu potencial para trilhá-los.
Já o liderado, conceitualmente é aquele que é dominado ou está sob influência. Contudo, o verdadeiro líder não domina, tão pouco faz com que sua equipe esteja sob sua influência. Este líder é a influência em si (note que há uma diferença entre ser e estar), é a inspiração para que sua equipe vá ainda mais longe, para que se supere e se engaje em causas que possuam propósito. A influência da liderança não é momentânea e sim de longo prazo, que ficará na memória e no coração mesmo após se desfazer a hierarquia oficial.
Fazendo uma analogia com o meio acadêmico, onde há os orientandos (alunos que são orientados em seus estudos por um profissional especialista, o orientador), por que um verdadeiro líder não possui "liderandos", no lugar de seguidores ou liderados? Refiro-me como "liderando" um indivíduo que possui um líder exemplo, que serve como um modelo para sua trajetória de desenvolvimento pessoal e profissional. O líder apoia e guia o "liderando" na busca de sua excelência humana, tendo como base a sua própria jornada de evolução.
O "liderando" não necessariamente segue os passos de sua liderança, mas está sendo preparado e incentivado para construir uma nova estrada com seus próprios passos. Do mesmo modo, esse indivíduo não está sob influência e sim influencia-se naturalmente através do jeito de ser de seu líder.
Esse termo não existe na literatura, mas veja o quanto podemos refletir acerca dele.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio