Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 28 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Gaúcho

Notícia da edição impressa de 29/01/2018. Alterada em 28/01 às 22h43min

Uma transição bastante difícil

Derrota gremista para o Zequinha foi a terceira consecutiva

Derrota gremista para o Zequinha foi a terceira consecutiva


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA RS/DIVULGAÇÃO/JC
Embora todas as vozes na Arena tentem disfarçar qualquer preocupação, o fato é que ninguém esperava um desempenho tão fraco do grupo de transição do Grêmio no começo do Campeonato Gaúcho. Ontem, o Tricolor repetiu o script de jogos anteriores, levando 2 a 0 do São José, no Passo D'Areia. Com 11 gols contra, nove sofridos no segundo tempo, o Tricolor tem a pior defesa, e fecha a rodada na 11ª colocação, com apenas um ponto e abrindo a zona de rebaixamento. Um quadro mais complicado do que se esperava para o grupo principal, que estreia contra o Cruzeiro no sábado, na Arena.
Embora não exatamente um tédio, o primeiro tempo esteve distante de ser um bom espetáculo. Com um novo desenho tático - Alisson e Pepê pelos lados e Lima e Jean Pyerre revezando no centro -, o Grêmio tinha razoável articulação ofensiva, mas a defesa seguia nervosa. Os momentos mais agudos aconteceram em menos de um minuto. Aos 28, Bruno Jesus aparou, de calcanhar, um escanteio e forçou Bruno Grassi a grande defesa. Na sequência, o goleiro Fábio atrapalhou-se e obrigou Rafael Goiano a salvar conclusão de Pepê.
A situação pouco se alterou na maior parte da segunda etapa. Aos poucos, porém, o São José foi se tornando mais incisivo, aproveitando a queda de rendimento do Tricolor. Após bola na trave de Kelvin aos 19 minutos, o Zequinha encontrou o primeiro gol aos 30. Alemão cobrou falta rasteira, e a bola desviou para as redes. Três minutos depois, o golpe fatal: em cruzamento por baixo, Mendonça bobeou, e Goiano, de frente para o gol, ampliou. Perturbados, os garotos gremistas não tiveram força para reverter. 
Enquanto o segundo quadro encarava os desafios do Gauchão, os titulares seguiam com a pré-temporada. Ontem, no primeiro jogo-treino do ano, o Grêmio venceu o Sindicato dos Atletas Profissionais do RS por 6 a 0. Os gols foram marcados por Cícero (2), Luan, Everton, Jael e Felipe Tontini. 
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia