Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 19 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

grêmio

19/01/2018 - 13h48min. Alterada em 19/01 às 13h57min

Eto'o é oferecido ao Grêmio e tem aval de Renato, mas clube contesta valores

Camaronês foi oferecido ao mercado brasileiro nas últimas semanas

Camaronês foi oferecido ao mercado brasileiro nas últimas semanas


MARCELLO PATERNOSTRO/AFP/JC
Folhapress
Samuel Eto'o foi oferecido ao Grêmio. Com salários atrasados no Antalyaspor da Turquia, o camaronês teve o nome colocado no mercado brasileiro nas últimas semanas, e o clube tricolor foi mais um dos que soube de informações. Na Arena, contudo, a possibilidade foi descartada e o clube gaúcho afirma que sequer avançou no diálogo com os representantes do atleta.
Diferentes fontes ouvidas pela reportagem são categóricas: o Grêmio obteve informações sobre Eto'o. Mas elas informam que o clube não avançou na contratação do ex-camisa 9 do Barcelona.
O técnico Renato Portaluppi falou publicamente sobre o jogador nesta sexta-feira (19). O treinador revelou ter sido consultado pelo presidente do clube, Romildo Bolzan Jr., e deu aval por entender que Eto'o agregaria muito tecnicamente.
"O presidente me ligou, temos linha direta, trocamos ideias. Tem coisas que é preferível ficar dentro do clube, certos assuntos que conversamos, se sabe, mas a conversa fica entre eu e o presidente. Procuramos fazer o melhor para o clube, buscamos sempre fazer e acertar nas coisas que fazemos. Acho que é o melhor caminho, trocando ideias e buscando o melhor. Não só sobre esse jogador, sobre outros também. Confio no presidente, sei que dentro do possível, que possa nos ajudar, tem feito bastante esforço."
A forma como o Grêmio tomou conhecimento dos detalhes da situação de Eto' geram diferentes versões. A primeira dá conta de que o nome veio à tona durante conversa sobre nomes disponíveis no mercado. Outra indica que houve diálogo com os agentes autorizados pelo camaronês a procurarem clube no Brasil.
Um dos maiores jogadores africanos de todos os tempos, Eto'o foi elogiado pelos dirigentes do Grêmio. Mesmo com a idade avançada, foi tratado como um reforço 'emblemático'. Contudo, ele foi tido como caro pelos custos mensais a serem pagos e pela operação a ser feita junto ao clube turco.
De acordo com relatos feitos à reportagem, o clube tricolor levantou informações detalhadas da situação do jogador. Contudo não avaliou concretamente a transferência. Ou seja, não fez proposta e abriu negociação com o jogador.
Os valores que chegaram ao Grêmio: mais de R$ 700 mil de salário fixo e bônus por metas atingidas -tais como títulos, número de jogos e gols. Além de um contrato amarrado a garantias bancárias robustas. Antes de ser oferecido ao Grêmio, Eto'o abriu negociações com o Vasco. O clube carioca tenta o reforço por meio de Julio Brant, candidato à presidência em São Januário.
O Grêmio procura dois atacantes no mercado. Um deles para ser o substituto de Lucas Barrios, titular na campanha do tri da Libertadores.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia