Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 03 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Tênis

Notícia da edição impressa de 04/01/2018. Alterada em 03/01 às 21h54min

Número 1 nas duplas, Marcelo Melo inicia temporada em Sydney

Brasileiro chega como um dos favoritos no torneio ATP 250 australiano

Brasileiro chega como um dos favoritos no torneio ATP 250 australiano


/CRISTIANO ANDUJAR/CBT/DIVULGAÇÃO/JC
A temporada de 2018 para Marcelo Melo começa em Sydney, na Austrália, a partir da próxima segunda-feira, onde será disputado o ATP 250. Depois de uma pré-temporada no Brasil, treinando em Belo Horizonte, e de passar as festas de Natal e Ano-Novo no País, o atual número 1 do mundo em duplas viajou ontem para a Oceania. Lá, ao lado do parceiro polonês Lukasz Kubot, jogará em Sydney e, na sequência, a partir do dia 15, já terá o primeiro grande desafio do ano: o Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada, em Melbourne.
Melo voltou a ser o número 1 no ranking mundial individual de duplas no dia 6 de novembro do ano passado. Ao longo da carreira, já são 36 semanas na liderança. Com Lukasz Kubot, encerrou 2017 também com o primeiro lugar no ranking de duplas. Agora, as atenções se voltam para a temporada de 2018. Depois de conquistar seis títulos em 2017, entre os quais Wimbledon e três Masters 1.000, Melo e Kubot entram novamente em quadra buscando manter o nível alcançado pela dupla em 2017 - seu primeiro ano juntos - e evoluindo sempre, já pensando em novas conquistas.
"Gostaria de ganhar mais um Grand Slam, títulos inéditos, quem sabe outros Masters 1.000. E estar novamente no ATP Finals, no encerramento da temporada, com chances de ser campeão", afirmou o brasileiro. A dupla chega como favorita em Sydney. "O importante, agora, é começar 2018 mantendo o nível em que vínhamos jogando e buscando sempre evoluir. Motivação não falta para isso e tem o principal, que é o gosto pelo tênis, independentemente do que já conquistei ou venha a conquistar", acrescentou o tenista. 
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia