Porto Alegre, segunda-feira, 16 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Agronegócios

25/01/2018 - 00h25min. Alterada em 24/01 às 22h39min

Abertura oficial da vindima será no próximo sábado, em Nova Pádua

Expectativa é de que sejam produzidos 600 milhões de quilos de uvas

Expectativa é de que sejam produzidos 600 milhões de quilos de uvas


/DANDY MARCHETTI/DIVULGAÇÃO/JC
O município de Nova Pádua, na serra gaúcha, recebe, neste sábado, o Ato Oficial de Abertura da Colheita da Uva no Estado do Rio Grande do Sul - Safra 2018. O evento será realizado às 16h, nos vinhedos da Boscato Vinhos Finos (VRS 314/km 12,5 - Travessão Bonito). Após os pronunciamentos, as autoridades darão início, simbolicamente, à colheita da uva no Rio Grande do Sul.
O município de Nova Pádua, na serra gaúcha, recebe, neste sábado, o Ato Oficial de Abertura da Colheita da Uva no Estado do Rio Grande do Sul - Safra 2018. O evento será realizado às 16h, nos vinhedos da Boscato Vinhos Finos (VRS 314/km 12,5 - Travessão Bonito). Após os pronunciamentos, as autoridades darão início, simbolicamente, à colheita da uva no Rio Grande do Sul.
Estão previstas as participações do governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, do prefeito municipal de Nova Pádua, Ronaldo Boniatti, e do presidente do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Oscar Ló. Durante a solenidade de abertura, também serão entregues os certificados dos primeiros produtores de vinho colonial gaúchos enquadrados na Lei nº 12.959/2014.
De acordo com o Ibravin, neste ano, deverão ser colhidos no Rio Grande do Sul cerca de 600 milhões de quilos de uva para o processamento de produtos vinícolas. O Estado é responsável por cerca 90% da produção de uvas destinadas ao processamento de vinhos, espumantes e sucos, e também por, aproximadamente, 90% da elaboração de produtos vinícolas no Brasil.