Porto Alegre, segunda-feira, 16 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Indústria

23/01/2018 - 10h42min. Alterada em 23/01 às 10h42min

Johnson & Johnson tem prejuízo no 4º trimestre de 2017, mas ganhos ajustados avançam

A Johnson & Johnson registrou prejuízo de US$ 10,71 bilhões no 4º trimestre de 2017, ou prejuízo de US$ 3,99 por ação. No mesmo período de 2016, a empresa apresentou lucro de US$ 3,81 bilhões, ou US$ 1,38 por ação.
A Johnson & Johnson registrou prejuízo de US$ 10,71 bilhões no 4º trimestre de 2017, ou prejuízo de US$ 3,99 por ação. No mesmo período de 2016, a empresa apresentou lucro de US$ 3,81 bilhões, ou US$ 1,38 por ação.
No entanto, excluindo itens não-recorrentes, que incluem uma cobrança relacionada à recente legislação tributária, os ganhos ajustados por ação foram de US$ 1,74, acima da previsão de US$ 1,72 de analistas da FactSet. A receita subiu 11,5%, para US$ 20,20 bilhões, também acima das estimativas.
Às 10h26min, as ações da Johnson & Johnson subiam 1,17% no pré-mercado.