Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 22 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Petróleo

Alterada em 22/01 às 22h16min

Fitch mantém nota de risco da Petrobras, com perspectiva negativa

Agência Brasil
A agência de classificação de risco Fitch Ratings reafirmou nível de risco (rating) da dívida corporativa da Petrobras em BB e manteve a perspectiva negativa. A decisão foi divulgada por meio de comunicado ao mercado nesta segunda-feira (22).
A Fitch considera que o nível de risco da estatal 'está fortemente correlacionado com o risco soberano" do Brasil, por causa do controle acionário exercido pela União, segundo informou a Petrobras.
No dia 12, a agência de classificação de risco Standard & Poor's (S&P) também manteve o nível de risco (rating) da dívida corporativa da Petrobras, neste caso em BB-, com perspectiva estável.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia