Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 17 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado de Capitais

Notícia da edição impressa de 18/01/2018. Alterada em 18/01 às 00h16min

Após desabar, bitcoin volta a ser negociado acima de US$ 10 mil

Após desabar 14% nesta quarta-feira e ser negociado na mínima de US$ 9.185, o bitcoin se recuperava na noite de ontem e voltava ao patamar de US$ 10 mil. Às 19h05, o bitcoin subia 1,07%, para
US$ 10.834. Na terça-feira, o bitcoin desabou 23%, a maior queda diária em quatro anos. Analistas especulam que a criptomoeda esteja passando por um processo de realização de lucros, após as fortes altas registradas em 2017 - acumulou ganho de 1.400% no ano passado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia