Porto Alegre, segunda-feira, 16 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Agronegócios

02/01/2018 - 22h40min. Alterada em 02/01 às 20h40min

Governador sanciona Região das Cervejarias Artesanais que engloba 22 municípios gaúchos

O governador José Ivo Sartori sanciona, amanhã, a lei que cria a Região das Cervejarias Artesanais do Rio Grande do Sul. Autor do projeto que instituiu a região, o deputado Elton Weber (PSB) enfatiza o potencial turístico da rota não somente para o crescimento do setor, mas para geração de renda e emprego em restaurantes, hotéis e comércio. Weber espera que a iniciativa transforme a bebida gaúcha em referência nacional. Para assinatura da lei foram convidados parlamentares, representantes de prefeituras e de cervejarias dos 22 municípios que compõe a Região das Cervejeiras. Nos municípios que compõe a região, são pelo menos 30 cervejarias cadastradas junto às prefeituras, o que colabora para que o Rio Grande do Sul ocupe a segunda colocação no ranking nacional, com 119 empreendimentos. A região é formada pelos municípios de São Leopoldo, Novo Hamburgo, Estância Velha, Ivoti, Dois Irmãos, Morro Reuter, Santa Maria do Herval, Presidente Lucena, Linha Nova, Picada Café, Gramado, Canela, Nova Petrópolis e São Francisco de Paula, além de Alto Feliz, Campo Bom, Feliz, Igrejinha, São Vendelino, Sapiranga, Três Coroas e Vale Real.
O governador José Ivo Sartori sanciona, amanhã, a lei que cria a Região das Cervejarias Artesanais do Rio Grande do Sul. Autor do projeto que instituiu a região, o deputado Elton Weber (PSB) enfatiza o potencial turístico da rota não somente para o crescimento do setor, mas para geração de renda e emprego em restaurantes, hotéis e comércio. Weber espera que a iniciativa transforme a bebida gaúcha em referência nacional. Para assinatura da lei foram convidados parlamentares, representantes de prefeituras e de cervejarias dos 22 municípios que compõe a Região das Cervejeiras. Nos municípios que compõe a região, são pelo menos 30 cervejarias cadastradas junto às prefeituras, o que colabora para que o Rio Grande do Sul ocupe a segunda colocação no ranking nacional, com 119 empreendimentos. A região é formada pelos municípios de São Leopoldo, Novo Hamburgo, Estância Velha, Ivoti, Dois Irmãos, Morro Reuter, Santa Maria do Herval, Presidente Lucena, Linha Nova, Picada Café, Gramado, Canela, Nova Petrópolis e São Francisco de Paula, além de Alto Feliz, Campo Bom, Feliz, Igrejinha, São Vendelino, Sapiranga, Três Coroas e Vale Real.