Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 28 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Osni Machado

Empresários & Cia

Notícia da edição impressa de 29/01/2018. Alterada em 26/01 às 19h34min

Hotelaria de Gramado já está otimista com 2018

Crescimento no faturamento dá sinais da retomada nos negócios

Crescimento no faturamento dá sinais da retomada nos negócios


HOTEL ALPESTRE/DIVULGAÇÃO/JC
O crescimento no faturamento no início de 2018 já anima o setor hoteleiro de Gramado, na serra gaúcha. Esta realidade vem em contraponto aos últimos anos, que têm sido de recessão econômica no Brasil. Agora, a hotelaria, assim como outros segmentos da economia nacional, já começa a vivenciar uma moderada retomada nos negócios e aguarda um futuro mais promissor.
Em uma pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo, no último mês de novembro, mais de 27% dos brasileiros demonstraram intenção de viajar nos próximos meses (cinco pontos percentuais a mais do que foi registrado em janeiro de 2017), sendo que 82,8% apontam que seu objetivo é escolher um destino nacional.
Esses dados reforçam a possível mudança no cenário econômico com crescimento no setor do turismo interno, e animam o setor hoteleiro. Um exemplo desta retomada no aquecimento da economia hoteleira é o Hotel Alpestre, em Gramado, que já registra crescimento no negócios. Se comparado ao mesmo período de 2017, em janeiro de 2018, o hotel já contabiliza um crescimento de 5,2% em seu faturamento.
De acordo com o gerente comercial do hotel, Ademir Loesch, além da tímida retomada no cenário econômico do País, esta melhora se dá, principalmente, devido à mudança de estratégia da empresa na política tarifária, com o estímulo à antecipação das reservas.
Outra estratégia adotada, segundo Loesch, foi a forte aposta do hotel em fazer divulgação nas mídias digitais e redes sociais, destacando uma completa estrutura de verão e lazer. Ainda de acordo com o gerente comercial, foi realizado um trabalho constante de visitação às agências de turismo para fortalecer a parceria comercial mesmo em um ano de incerteza como foi 2017, o que garantiu uma maior aproximação e sinergia nas vendas.
"As pessoas estão, cada vez mais, planejando e buscando os melhores preços para sua viagem. Queremos estimular a programação da reserva com mais antecedência, garantindo melhores preços. Ainda que de forma bem tímida, podemos observar o mercado um pouco mais otimista para 2018", destacou Loesch.
Gramado, que é tradicionalmente conhecido como destino de inverno, tem buscado ser destaque turístico durante o ano inteiro. Eventos como o Gramado in Concert, que ocorre ainda em Fevereiro, e a Páscoa em Gramado, a partir de Março, são atrativos que movimentam a cidade em períodos conhecidos como de baixa temporada.
Nestes momentos, a hotelaria da região encontra oportunidade para surpreender ainda mais os visitantes. No Alpestre, por exemplo, além da estrutura e de serviços convencionais, durante os mais tradicionais eventos da cidade, o hotel oferece decoração e programação temática em sincronia com aquela da cidade.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia