Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 19 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Política

CORRIGIR

Supremo Tribunal Federal

Alterada em 19/12 às 20h55min

Gilmar Mendes manda soltar empresários presos na Operação Fratura Exposta

Agência Brasil
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes mandou soltar hoje (19) dois empresários presos na Operação Fratura Exposta, da Polícia Federal (PF). Miguel Iskin e Gustavo Estelita Cavalcanti Pessoa tiveram a prisão preventiva convertida por medidas cautelares, como cumprir recolhimento domiciliar noturno, proibição de manter contato com investigados e proibição de deixar o país. O ministro atendeu a um pedido de habeas corpus feito pela defesa dos acusados.
Deflagrada em abril, a Operação Fratura Exposta desarticulou uma quadrilha que participava de fraudes em licitações no Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into) e na Secretária de Saúde do Rio de Janeiro. O ex-secretário estadual de Saúde Sérgio Côrtes (na gestão do então governador Sérgio Cabral, também foi preso na ocasião.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia