Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 13 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

governo federal

Alterada em 13/12 às 12h06min

Temer passará por revisão urológica nesta quarta-feira no Sírio-Libanês

O presidente Michel Temer passará por novos exames, desta vez em São Paulo. De acordo com a Secretaria de Comunicação (Secom) da Presidência, Temer "passará por revisão urológica na tarde desta Quarta-feira (13), no Hospital Sírio-Libanês em São Paulo".
Será o terceiro dia seguido de exames do presidente. Nesta terça-feira (12) mesmo com uma agenda extensa de compromissos, Temer fez exames no início da tarde no Palácio do Planalto como parte do acompanhamento posterior à cirurgia urológica. Segundo auxiliares, os exames são de rotina.
Na segunda-feira (11) o presidente já havia passado por exames no Palácio do Planalto. Na avaliação do início da semana, também de ordem urológica, não haviam sido detectadas anormalidades.
No dia 27 de outubro, Temer realizou no Hospital Sírio-Libanês uma cirurgia para desobstrução da uretra. Na ocasião, o presidente chegou a colocar uma sonda vesical.
Cerca de um mês depois, no dia 24 de novembro, também no Sírio-Libanês, Temer foi submetido a uma angioplastia de três artérias coronárias com implante de stent, um tubo minúsculo, expansível, colocado na artéria para melhorar o fluxo sanguíneo para o coração.
Temer participa ainda na manhã desta quarta de uma reunião com prefeitos no Planalto para angariar apoio para a reforma da previdência. O modelo da reunião repetirá o realizado na terça com empresários, quando a imprensa pode acompanhar o encontro e houve espaço para diversos discursos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia