Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 27 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

rússia

Notícia da edição impressa de 28/12/2017. Alterada em 27/12 às 22h29min

Explosão em supermercado deixa feridos em São Petersburgo

Pelo menos dez pessoas ficaram feridas ontem após a explosão de uma bomba caseira em um supermercado em São Petersburgo, na Rússia. "As circunstâncias do incidente estão sendo investigadas", afirmou a polícia local em comunicado.
"Um dispositivo explosivo artesanal de uma potência equivalente a 200 gramas de TNT foi detonado", declarou a porta-voz do Comitê de Investigação russo, Svetlana Petrenko, citada pelas agências de notícias do país. Ela indicou que "todas as hipóteses" estão sendo estudadas, mas que a investigação continua por "tentativa de homicídio".
No dia 3 de abril, um atentado no metrô de São Petersburgo deixou 16 mortos e dezenas de feridos. O ataque foi reivindicado por um grupo pouco conhecido vinculado à rede terrorista Al-Qaeda. Em meados deste mês, os serviços de segurança russos anunciaram ter desmantelado uma célula do Estado Islâmico que estaria tramando um atentado em São Petersburgo - uma das sedes da Copa do Mundo de 2018 -, mais especificamente na catedral Nossa Senhora de Kazan.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia