Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

aeroportos

Alterada em 18/12 às 11h55min

Aeroporto mais movimentado do mundo vive dia de caos por falta de luz

Folhapress
Uma pane elétrica deixou o aeroporto de Atlanta, o mais movimentado do mundo, sem energia por 11 horas no domingo (17), levando ao cancelamento de mais de mil voos e deixando milhares de usuários na escuridão.
O problema foi resolvido apenas no fim da noite de domingo (17) e o local já voltou a operar, mas as autoridades acreditam que a situação ainda deve demorar alguns dias até ser normalizada devido ao grande número de voos atrasados.
O Aeroporto Internacional Hartsfield-Jackson Atlanta recebe cerca de 275 mil passageiros por dia e funciona como um dos principais hubs (um centro de distribuição de conexões) dos Estados Unidos. Por isso, voos que ligam o país ao Brasil também podem ser afetados pelos atrasos.
Quando a luz do aeroporto acabou, passageiros que já estavam nos aviões para a decolagem tiveram que esperar até nove horas para deixarem as aeronaves e retornar ao aeroporto.
Apenas às 22h locais (19h de Brasília) o prefeito de Atlanta, Kasim Reed, anunciou que todos os passageiros já tinham desembarcado em segurança.
Com isso, milhares de pessoas passaram parte do dia no saguão escuro aguardando informações e muitos foram para hotéis nas proximidades. O aeroporto disse que forneceu 5.000 refeições os passageiros que ficaram esperando.
A prefeitura anunciou ainda que o centro de convenções Georgia International iria servir como abrigo e implementou um ônibus gratuito entre o aeroporto e o local.
As companhias aéreas afetadas pela falta de energia recomendam que passageiros com voos que passam pelo aeroporto de Atlanta entrem em contato para saber como prosseguir. Elas também vão permitir a remarcação da passagem gratuitamente.
A mais afetada foi a Delta Air Lines, que teve cerca de 300 voos cancelados -Atlanta é o principal hub da empresa.
A empresa anunciou que passageiros de voos que passem por Atlanta que tenham sido cancelados ou tenham atrasos superiores a 90 minutos entre domingo e terça-feira (19) poderão pedir o reembolso da passagem ou remarcá-la gratuitamente para viajar até sexta-feira (22).
A United Airlines anunciou regras semelhantes. Os voos que passariam pelo aeroporto entre domingo e terça poderão ser remarcados de graça até sexta, desde que na mesma origem e destino e na mesma classe. Caso queria viajar depois de sexta, o cliente terá que pagar a diferença de valor entre seu voo original e o novo voo.
A American Airlines, também afetada, avisou que usuários com passagens para Atlanta entre domingo e segunda (18) poderão mudar a data da viagem sem pagar a taxa de remarcação até a quinta-feira (21), desde que seja mantida a mesma origem e destino e a mesma classe.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia