Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 17 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Clima

17/12/2017 - 18h36min. Alterada em 17/12 às 19h20min

Vento derruba estrutura de palco e causa uma morte em Esteio

Estrutura desabou em festa de música eletrônica em Esteio, causou morte e instalou pânico

Estrutura desabou em festa de música eletrônica em Esteio, causou morte e instalou pânico


DEFESA CIVIL DE ESTEIO/DIVULGAÇÃO/JC
Isabella Sander
O temporal que atingiu a Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPA) provocou a queda da estrutura do palco de uma festa rave em Esteio, causando uma morte neste domingo (17). O DJ Kaleb Freitas animava a festa quando foi atingido e morreu. Outras três pessoas ficaram feridas.
Cenas gravadas em vídeos e postadas na redes sociais, como Facebook, por quem estava na festa de música eletrônica mostram o momento em que o vento atingiu o local e provocou a queda da estrutura de metal. As imagens mostram a reação das pessoas, o susto e pânico de alguns, em meio à animação de outros.     
A mudança climática chegou a ser alertada por órgãos de monitoramento meteorológico, prevenindo sobre temporal com forte vento que atingiria o Rio Grande do Sul neste domingo. O festival de música eletrônica Atmosphere ocorria no Parque de Exposições Assis Brasil quando o vendaval causou o desabamento de algumas das estruturas de metal. Uma segunda pessoa faleceu pela manhã, de causa não divulgada, mas não relacionada ao acidente.
Segundo o Centro de Operações de Defesa Civil, além de Esteio, outros municípios atingidos foram Uruguaiana, Dom Pedrito, Alegrete, São Borja, Ijuí e Soledade. Ocorreram alguns destelhamentos, quedas de postes de energia e quedas de árvores. O temporal foi provocado pela frente fria que agia na Argentina e no Uruguai, e chegou ao Estado por volta das 8h, pela região da Fronteira.
O alerta dado pela Defesa Civil se confirmou - houve fortes rajadas de vento, de mais de 100km/h, chuvas e queda de granizo em locais pontuais em um curto período de tempo. A MetSul Meteorologia também já havia alertado para as adversidades climáticas. Avisava desde sábado que, após o calor de 40 graus dos últimos dias, o domingo estava com condições propícias para a ocorrência de temporais com granizo e rajadas acima de 100km/h.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia