Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 13 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Sustentabilidade

Notícia da edição impressa de 14/12/2017. Alterada em 13/12 às 22h28min

Capital terá núcleo para cumprir objetivos sustentáveis da ONU

Suzy Scarton
Porto Alegre deu um passo rumo ao cumprimento dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2015. Ontem, em reunião entre a Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara Municipal (Cosmam) e o Núcleo Estadual dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, foi definida a criação de um Núcleo ODS na Capital. A intenção é que os 17 objetivos, que incluem ações nas áreas social, educacional, de saúde, ambiental e de desenvolvimento, sejam atendidos até 2030.
Os ODS foram criados para substituir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, que não foram cumpridos na integralidade e tiveram de ser renovados, agora sob um nome diferente. Já existem núcleos em Lajeado, Passo Fundo, Pelotas, Santa Cruz e Santa Maria, além do estadual.
Segundo o presidente da Cosmam, vereador André Carús (PMDB), a ideia é que futuros projetos de lei e políticas públicas sejam feitos à luz dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. "Temos a informação de que o processo de revisão do Plano Diretor, no ano que vem, será orientado pelos 17 ODS. Isso já demonstra uma colaboração da prefeitura", afirma. Embora espere que representantes do Executivo municipal participem do núcleo, Carús esclarece que não há previsão de repasse de verbas. Para ele, o desafio é fazer com que entidades civis, órgãos governamentais e setor privado obtenham conhecimento dessa agenda.
O secretário executivo do Núcleo Estadual ODS, Delmar Sittoni, explica que o período de inscrição e de maturação do núcleo seguirá até abril. Em maio, serão escolhidos os representantes do núcleo porto-alegrense. "A expectativa é de que sejam de dez a 15 pessoas em cada área de atuação", detalha. Sittoni também buscará a participação do segmento da "nova economia", composto por jovens empreendedores.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia