Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 29 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

grêmio

Alterada em 29/12 às 12h59min

Sem acerto com Grêmio, Fernandinho deve fechar com time chinês

A assinatura com o Lifan deve ocorrer nos primeiros dias de janeiro

A assinatura com o Lifan deve ocorrer nos primeiros dias de janeiro


EITAN ABRAMOVICH/AFP/JC
Folhapress
Fernandinho não vai ficar no Grêmio e já tem um destino encaminhado. Sem acerto para renovar com os gaúchos, o meia-atacante recebeu oferta do Chogqing Lifan, da China. Antes da proposta chinesa, ele foi procurado por Corinthians e Al Ain, dos Emirados Árabes.
A assinatura com o Lifan deve ocorrer nos primeiros dias de janeiro.
Aos 32 anos, Fernandinho ainda espera a confirmação do tempo de contrato para firmar acordo. Mas as bases salariais já estão acertadas e o jogador se mostrou interessado em jogar na primeira divisão chinesa.
Autor do primeiro gol do Grêmio no segundo jogo da final da Libertadores, contra o Lanús, da Argentina, Fernandinho recebeu oferta para renovar com redução salarial. O estafe do jogador não aceitou. Ainda nos Emirados Árabes, o atleta foi procurado por pessoas ligadas ao Al Ain.
No Brasil, o Corinthians fez sondagem antes da reta final da Libertadores e ouviu que o futuro seria definido após o encerramento da temporada em Porto Alegre. Depois não ocorreu mais contato.
Fernandinho chegou ao Grêmio em 2014 e dentro de uma outra política de futebol. À época, os vencimentos pesados eram comuns no time tricolor.
O rendimento em campo não foi dos melhores e o jogador acabou sendo emprestado ao Hellas Verona, da Itália. Depois, ele foi cedido ao Flamengo.
No início de 2017, Renato Gaúcho pediu a permanência do meia-atacante e ele acabou se tornando um décimo segundo jogador. Com a saída de Pedro Rocha para o Spartak Moscou, da Rússia, em agosto, a vaga no time titular passou a ser do camisa 21.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia