Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 26 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 26/12 às 21h07min

Dólar recua ante rivais e moedas emergentes em dia de avanço do petróleo

O dólar recuou de maneira generalizada nesta terça-feira (26), em uma semana mais curta e de baixo volume de negócios, em razão das festas de fim de ano. Uma forte alta do petróleo também deu apoio a moedas de países cujas economias estão associadas à commodity.
No fim da tarde em Nova Iorque, o dólar caía para 113,19 ienes, de 113,29 ienes no fim da tarde de sexta-feira; o euro subia para US$ 1,1867, de US$ 1,1858; e a libra avançava para US$ 1,3377, de US$ 1,3370.
Hoje, o petróleo avançou mais de 2% apoiado por relatos de interrupção do fornecimento da Líbia, onde um importante oleoduto explodiu nesta terça-feira. O barril negociado em Nova Iorque chegou a ultrapassar a barreira psicológica dos US$ 60 com a notícia.
Como resultado, moedas de países emergentes ligados ao petróleo também se fortaleceram na comparação com a divisa americana. O dólar americano caiu para 1,2691 dólares canadenses e recuou para 57,648 rublos russos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia