Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 20 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 20/12 às 09h33min

Cobre opera em alta em Nova Iorque mas estável em Londres

O cobre opera em alta em Nova Iorque, mas estável em Londres, em uma sessão mais tranquila, antes do feriado do Natal. A tendência nesta época do ano é de volumes menores em negociação.
Às 9h10min (de Brasília), o cobre para três meses operava estável, a US$ 6.845 a tonelada, na London Metal Exchange (LME). Às 9h21min, o cobre para março subia 0,78%, a US$ 3,1760 a libra-peso, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).
A atividade menor também se refletia no dólar, que operava perto da estabilidade em relação a uma cesta de outras moedas. Nesta madrugada, o Senado dos EUA aprovou uma reforma tributária, mas o pacote precisa ainda de uma última votação na Câmara dos Representantes, prevista para esta quarta-feira.
Além disso, o mercado espera uma nova leitura do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA no terceiro trimestre, que sai nesta quinta-feira.
Entre outros metais básicos negociados na LME, o zinco caía 0,81%, a US$ 3.169,50 a tonelada, o alumínio subia 0,66%, a US$ 2.061 a tonelada, o estanho ganhava 0,78%, a US$ 19.450 a tonelada, o níquel tinha alta de 1,39%, a US$ 11.690 a tonelada, e o chumbo recuava 1,06%, a US$ 2.559 a tonelada.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia