Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 12 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 12/12 às 11h12min

Bovespa abre em queda com dúvida sobre Previdência e cautela externa

A Bovespa abriu em queda nesta terça-feira (12) em meio às persistentes incertezas sobre a chance de aprovação da reforma da Previdência na Câmara ainda neste ano. Pouco antes do fechamento deste texto, o relator da proposta, Arthur Maia (PPS-BA), disse que não há obrigatoriedade de se votar a matéria na semana que vem, como pretende o governo.
"A data é pouco significativa", afirmou o deputado, enquanto o Ibovespa ampliava perdas e o dólar renovava máximas, superando o patamar dos R$ 3,31.
Às 10h35min, o Ibovespa recuava 0,50%, aos 72.433,41 pontos, enquanto os índices futuros em Wall Street rondavam a estabilidade neste primeiro dia de reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano).
O Fed deve elevar na quarta-feira os juros nos EUA pela terceira vez este ano, diante dos últimos sinais positivos da economia do país, além de dar alguma sinalização sobre o futuro das taxas em 2018.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia