Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 12 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Construção Civil

Notícia da edição impressa de 12/12/2017. Alterada em 12/12 às 09h34min

Sergs realiza premiação do Engenheiro do Ano 2017

A Homenagem Especial foi prestada ao engenheiro civil e de Segurança no Trabalho Milton Oliveira (e)

A Homenagem Especial foi prestada ao engenheiro civil e de Segurança no Trabalho Milton Oliveira (e)


MARIANA CARLESSO/JC
A Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul (Sergs) entregou, ontem à noite, a Láurea Engenheiro do Ano 2017. Em sua 33ª edição, o evento distinguiu dois profissionais da categoria que se destacaram nas áreas privada e pública, além de uma Homenagem Especial.
Pelo seu trabalho no setor privado, quem recebeu a láurea foi o presidente das empresas Verdi Sistemas Construtivos S.A. e Siscobras (Sistemas Construtivos do Brasil S.A.), o engenheiro civil Henrique Deboni. Na área pública, o reconhecimento foi ao assessor da presidência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre e responsável pelas obras de ampliação do local, engenheiro civil Fernando Martins Pereira da Silva.
A Homenagem Especial foi prestada ao engenheiro civil e de Segurança no Trabalho Milton Oliveira, diretor da empresa Engefack Serviços e Participações Ltda. Também foram premiados os formandos com as melhores avaliações nos cursos de engenharia das principais universidades gaúchas.
O presidente da Sergs, Luis Roberto Ponte, destacou que a Láurea Engenheiro do Ano vem sendo conferida ininterruptamente desde 1985. A premiação tem como objetivo destacar, a cada ano, a atuação de profissionais nas diferentes áreas da engenharia, valorizando a contribuição da classe para o desenvolvimento do Estado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia