Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 07 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

infraestrutura

Notícia da edição impressa de 08/12/2017. Alterada em 07/12 às 23h16min

Prefeitura ganha prazo para construir Centro de Eventos

Em Brasília, Marchezan recebeu autorização que prorroga termo

Em Brasília, Marchezan recebeu autorização que prorroga termo


/ROBERTO CASTRO/PMPA/JC
A prefeitura de Porto Alegre recebeu do Ministério do Turismo autorização para prorrogar o Termo de Compromisso que assegura R$ 60 milhões do PAC Turismo para a construção do Centro de Eventos da Capital. O termo, que foi assinado em 2013, se encerraria no dia 30 deste mês de dezembro. A autorização foi obtida após solicitação do prefeito Nelson Marchezan Júnior em encontro com os ministros do Turismo, Marx Beltrão, e do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, realizado em Brasília.
Em outubro deste ano, a prefeitura assinou um protocolo de intenções com o Sport Club Internacional no qual o clube reconhece como prioridade a implantação do Centro de Eventos Municipal em área ao lado do estádio Beira-Rio. A definição de um local era um dos principais entraves para a liberação da verba. O centro, que deverá ser construído via parceria público-privada, terá capacidade para receber 30 mil pessoas e ampliará o chamado turismo de negócios na Capital.
A implantação pela prefeitura terá agora duas etapas. Com a confirmação da prorrogação do prazo, será realizada a licitação para elaboração dos estudos de viabilidade e de projetos de licitações, orçados em até R$ 3 milhões. Os R$ 57 milhões restantes serão aplicados pela prefeitura na construção das estruturas operacionais básicas, como estacionamento para 900 vagas e área de feiras. A área total, de aproximadamente 40 mil metros quadrados, receberá, por meio de Parceria Público-Privada (PPP), a instalação completa da infraestrutura que caracteriza o Centro de Eventos, como auditório, salas de convenções, espaço de alimentação e hotel.
O terreno onde será implantado o Centro de Eventos é de propriedade da prefeitura, e tem termo de permissão de uso para o Inter até 2024, suscetível de prorrogação. Pelo protocolo firmado, o clube reconhece o direito de revogação pelo município a qualquer tempo, mediante simples notificação.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia