Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 28 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

ACONTECE

Notícia da edição impressa de 29/12/2017. Alterada em 28/12 às 16h29min

Paula Finn ministra oficinas de dança durante o verão em Porto Alegre

Bailarina apresenta noções de dança contemporânea, flamenca e castanholas

Bailarina apresenta noções de dança contemporânea, flamenca e castanholas


VITOR PAMPLONA/DIVULGAÇÃO/JC
Janeiro e fevereiro serão meses para praticar a dança no Meme Santo de Casa (Lopo Gonçalves, 176). Ministrados pela bailarina Paula Finn, quatro cursos serão realizados no local com preços que vão de R$ 50,00 a R$ 250,00. As inscrições podem ser feitas pessoalmente no Meme, de segunda a sexta-feira, das 9h às 22h. Informações pelos telefones (51) 3019-2595 e 98257-0024 ou pelo e-mail centromeme@centromeme.com.br.
A partir do dia 9 de janeiro, em dois encontros semanais, terças e quintas-feiras, das 18h às 19h, acontecerá o curso sobre dança contemporânea, que objetiva trabalhar a consciência corporal dos alunos. Na sequência, das 19h às 20h, a dança flamenca será apresentada com base no entendimento do cenário contemporâneo no qual essa expressão artística está inserida, como foco na consciência corporal e no estudo da técnica da dança.
Em única edição, no dia 17 de janeiro, às 20h, a oficina de castanholas tem como público-alvo bailarinos, músicos e interessados em aprender o funcionamento do objeto como um instrumento de percussão. E nos dias 24 e 31 de janeiro, também às 20h, Paula Finn compartilhará o processo de criação corporal do espetáculo Hiato em oficina de vivência.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia