Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 27 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

ACONTECE

Notícia da edição impressa de 28/12/2017. Alterada em 27/12 às 15h57min

Exposição de gravuras no Sicredi encerra nesta quinta-feira

Obra de Fabio Zimbres integra coleção de gravuras do Museu do Trabalho

Obra de Fabio Zimbres integra coleção de gravuras do Museu do Trabalho


MUSEU DO TRABALHO/DIVULGAÇÃO/JC
Segue aberta até amanhã a última mostra do ano na Biblioteca Sicredi (Assis Brasil, 3.940 - térreo), expondo parte do acervo de gravuras do Museu do Trabalho. Importantes artistas brasileiros estão nessa coleção, apresentada dentro do projeto Quarta Cultural, cujos eventos são gratuitos e abertos ao público. Visitação em horário comercial, das 9h às 18h.
É possível apreciar um recorte das gravuras que compõem o acervo do tradicional Consórcio de Gravuras do Museu do Trabalho - iniciativa que promove a arte gaúcha ao oferecer, por preços muito acessíveis, gravuras e fotografias. As obras têm tiragens de 60 a 130 exemplares, o que resulta em uma produção de cerca de 18 mil cópias em 20 anos. Sua origem reporta ao Clube de Gravura do Grupo de Bagé, formado por no início da década de 1950. De 1996 até hoje foram impressas mais de 200 xilogravuras, litografias, gravuras em metal e serigrafias para o Museu do Trabalho.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia