Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 17 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
José A. V. da Cunha

Intervalo

Notícia da edição impressa de 18/12/2017. Alterada em 15/12 às 19h34min

Órfãos de informação urbana

Relógios digitais estão desligados na Capital

Relógios digitais estão desligados na Capital


/COLETIVA/DIVULGAÇÃO/JC
Os anos passam, as administrações municipais se sucedem, e uma chaga segue aberta na Capital quando o assunto é mobiliário urbano. Seguem mal regulados ou inoperantes elementos essenciais em uma cidade para orientação de seus cidadãos e, especialmente, visitantes. As placas de sinalização nas esquinas são raras, os relógios digitais estão inoperantes e o uso de espaços como bancas de jornais e mídia externa padece de atualização. Agora tramita na Câmara um projeto de lei que propõe um novo marco regulatório para o assunto no município. Entre outras medidas, se propõe a simplificar o atendimento na área de licenciamento e fiscalização deste mobiliário urbano. Oremos para que, em 2018, Porto Alegre consiga avançar nesta modernização.

Da vida sem retorno

"Estamos vivendo um caminho sem volta." Foi com esta frase que o gerente de Marketing da Kantar ibope Media, Thiago Magalhães, iniciou a apresentação do estudo 'Dimension', em encontro durante a Semana da Comunicação 2017. O levantamento, feito em 2016, registrou a opinião de mais de cinco mil adultos conectados, 1.097 dois quais no Brasil. Chamou a atenção para o fato de que o consumidor conectado identifica os diferentes estímulos às marcas. "Por muito tempo, achou-se que os links patrocinados não eram vistos pelo público como anúncio. Mas eles têm noção do que se trata", salientou, afirmando que a audiência está consciente dos novos formados de se relacionar com ela.

Do pensamento digital

A Aerolito é uma empresa que se propõe a estudar as perspectivas para organizações e projetar futuros. A partir desta expertise, seu fundador, Tiago Mattos, sustenta que, diante da efervescência dos discursos pró-modelos digitais de negócios, não basta reproduzir formatos clássicos nem digitalizar os processos, mas alterar os softwares. "É preciso ter um pensamento digital, propriedade intelectual adaptada, pessoas conectadas e profissionais com coragem", disse, resumindo as características necessárias para implantação de negócios digitais. Ao participar como um dos palestrantes da Semana da Comunicação, Tiago Mattos alinhou estes perfis:
  • Membro desgarrado é aquele que não atua de forma conectada ao grupo e permanece isolado na criação de ideias.
  • Vítima apática é o profissional que enxerga o universo do outro melhor do que o próprio.
  • Guerreiro solitário é o colaborador que é capaz de tudo, inclusive de fazer intrigas, para crescer profissionalmente, e trabalha para si e não para a empresa.
  • Orgulho tribal é aquele que identifica os projetos da organização e dos colegas como os melhores, tem autoestima e é empolgado.

Cuidado com a desconfiança

Relatório do Instituto Reuters identificou que só cresce a falta de credibilidade nas informações que circulam nas redes sociais. O agravante é que essa desconfiança começa a abalar os conteúdos produzidos por empresas de comunicação que distribuem suas notícias nas redes, e passam a ter suas reputações atacadas por aqueles que vivem das notícias falsas. O estudo alerta que esse problema exigirá que publishers, redes sociais e leitores trabalhem juntos ao longo de muitos anos, já que há muito trabalho a ser feito para distinguir melhor o jornalismo das fake news. A pesquisa envolveu 20 mil pessoas em nove países - Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, Irlanda, Espanha, Dinamarca, Austrália, França e Grécia.

PARCEIROS

  • CAFÉ COMBUSTÍVEL é uma plataforma de conteúdos sobre o universo do café, lançada pela jornalista Laura Glüer. A ideia remete ao café como fonte de energia para muitas atividades e inclui canal no Youtube, conteúdos no Instagram e Facebook, um jornal bimestral que será distribuído gratuitamente em cafeterias e uma agenda de cursos e eventos. O foco são coffee lovers, baristas, produtores e empreendedores do segmento e profissionais de várias áreas que usam o café como combustível na vida.
  • GRUPO IMOBI venceu concorrência para administrar as passarelas na beira-mar de Xangri-lá. "A ideia é gerar uma experiência positiva entre marca e consumidor", disse o diretor do grupo, Daniel Costa, adiantando que o projeto prevê formatos de acessibilidade e sustentabilidade nesses locais. Os parceiros da iniciativa terão suas marcas integradas às ações que visarão também proteção ao meio ambiente.

GENTE

Liana Bazanela na posse da diretoria da ARP

Liana Bazanela na posse da diretoria da ARP


/COLETIVA/DIVULGAÇÃO/JC
  • Empossada presidente da Associação Riograndense de Propaganda, Liana Bazanela reforçou a preocupação com as mudanças que a indústria da comunicação está sofrendo e o papel da ARP nesse contexto. Por isso, disse que sua gestão, durante o período 2018-2019, será vetor de transformações, em uma atuação baseada em quatro pilares: admiração pelo mercado e seus profissionais; aproximação com todas as áreas da indústria criativa; gestão colaborativa; e foco em entendimento e facilitação. Para encarar os desafios, Liana tem como suporte os companheiros de diretoria: Cado Bottega, da CDN; Renata Schenkel, do G5; e Renato Mesquita, do Grupo RBS.

AGÊNCIAS

  • ESCALA criou a ação 'Natal da Gratidão' para a rede Pompéia. Objetiva agradecer às comunidades que participaram e acompanharam a caminhada da empresa: é uma ação social em que a Pompéia doa 66 ceias completas para instituições de caridade presentes em todas as cidades em que possui loja.
  • INCOMUM realizou para o Supermercado Guanabara a campanha 'Para um Natal mais solidário'. A ação convida os clientes a ajudarem na doação para instituições assistencialistas da região Sul do Estado.
  • SPR desenvolveu para a Fecomércio a campanha O Pirata Honesto, para marcar o Dia Nacional de Combate à Pirataria (3 de dezembro). O objetivo foi conscientizar sobre o contrabando e o comércio de produtos falsificados.
     

TÁ LIGADO

  • A Feevale realizará de 9 a 12 de janeiro o curso de Verão "Comunicação Positiva: transformação das ideias e da sociedade", ministrado pelo comunicador Renato Martins. Sua proposta é refletir e analisar os caminhos da comunicação atual, do tipo de noticiário que é produzido e do tipo de informações geradas nas organizações para divulgação à sociedade. Aborda ainda os efeitos das notícias negativas na sociedade. As inscrições podem ser feitas pelo site www.feevale.br/cursoseeventos.

PERFIL

Marcelo Pires coluna Intervalo Glauco Arnt Divulgação

Marcelo Pires coluna Intervalo Glauco Arnt Divulgação


GLAUCO ARNT/DIVULGAÇÃO/JC
O perfil publicado esta semana por Coletiva.net é do Marcelo Pires.

BY THE WAY...

...enquanto este ano se encerra com sentimento de dever cumprido, as empresas de comunicação depositam suas esperanças de crescimento em 2018.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia