Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 25 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 26/12/2017. Alterada em 25/12 às 20h59min

Marketing de rua

FERNANDO ALBRECHT/ESPECIAL/JC
Imune à alta rotatividade de datas promocionais, seu José Cruz atravessa o ano firme no seu posto, na rua Otávio Rocha, Centro da Capital, vendendo agulhas para limpar boca de fogão. Empiricamente, Cruz captou a essência da venda: quem não é visto não é lembrado. E bota visto nisso. Uma espécie de cocar cheio de agulhas coladas nele, como se paliçada fosse, produto bem à feição.

Um homem do campo...

E voltado aos interesses do campo enfrentando qualquer empreitada por dura que fosse. Ninguém ficava indiferente a Carlos Rivaci Sperotto, presidente da Farsul, que morreu sábado aos 79 anos, vitimado por um câncer. Era um nome conhecido e admirado nacionalmente, como atestaram as coroas de flores que vieram de todo o Brasil.

...e para o campo

Presente ao velório, o presidente do Tribunal de Contas da União, Augusto Nardes lembrou o tempo em que ele era deputado federal quando surgiu, em 1999, uma pendenga com os bancos, que queriam cobrar dívidas com correção cambial. Sperotto levou 20 mil produtores para Brasília, movimento que ao fim e ao cabo conseguiu sensibilizar o governo federal.

Reconhecimento internacional

Reconhecido pelo Ministério da Saúde como um dos seis hospitais de excelência do País e com seis acreditações consecutivas da Joint Comission International (JCI), o Hospital Moinhos de Vento recebeu na sexta-feira mais uma certificação de sua qualidade: foi a primeira instituição hospitalar de Porto Alegre a receber a ISO 9001:2015, por seu sistema de gestão.

Noiva virgem

Algumas siglas tradicionais parecem estar tateando no escuro para escolher seu candidato ao Palácio Piratini, tateiam também para achar o parceiros (s) que mais lhes convém. As famosas bases estão inquietas e assim que começar o ano novo vão cobrar das lideranças uma posição. Achar um bom candidato que preencha todos os requisitos está mais difícil que achar noiva virgem.

Há algo no ar além...

O interesse da Boeing na Embraer pode ir muito além do jardim conhecido, talvez não apenas a "compra" que se imagina sempre em manifestações de interesse desse tipo. Além dos jatos comerciais, um mercado em expansão na China, pode - pode - que a Boeing tenha interesse em entrar no mercado de jatos executivos leves, um segmento que vem apresentando notável crescimento nos últimos anos. E a Embraer tem o Phenom 100.

...dos aviões de carreira

Uma fabricante de aviões é como uma montadora, ela tem seus sistemistas de alta tecnologia, por exemplo. Não fabrica turbinas, opta por um dos vários modelos disponíveis, e nem mesmo os aviônicos, a eletrônica embarcada. Como a Boeing, aliás. Além disso, quando uma empresa exporta aviões, o país importador exige que uma série de componentes seja produzido no país comprador.

Recado de Paixão

Do grande amigo da página, o folclorista e aguçado pesquisador de prova provada Paixão Côrtes: "Aos meus 90 anos, vejo com satisfação que, apesar do Natal ter sido globalizado com a figura do Papai Noel, ainda seguem a tradição do folclore gaúcho com os Ternos de Reis, que anunciam o nascimento do Menino Jesus no ciclo natalino que se estende até a chegada dos Reis Magos, dia 6 de janeiro". Graças a ele, Paixão.

Miúdas

  • DEVE ser um recorde. Depois de 19 anos, o PP perdeu a presidência do Legislativo de Gramado.
  • SEBASTIÃO Melo (PMDB), ex-vice prefeito da Capital, define em março se concorre a uma vaga na Assembleia Legislativa. 
  • SEM entrar no mérito da polêmica, com a demissão de William Waack da Globo, o Brasil perde um grande repórter, um dos maiores.
  • WAACK descobriu que o famoso ouro de Moscou que abastecia os comunistas brasileiros era de Getulio Vargas. Foi e voltou. 
  • PLÁTANOS na subida da RS-115, perto de Gramado, estão perdendo as folhas, diz atento, que crê em doença.
  • COMO se lê nas colunas políticas, esta será uma semana decisiva para a chegada do Ano Novo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia