Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 11 de dezembro de 2017.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 12/12/2017. Alterada em 11/12 às 21h01min

Situação de rua

R.RITTER/DIVULGAÇÃO/JC
Parece, e é. Cadeiras dispostas em plena avenida Voluntários da Pátria, ocupando todo o leito. A função aconteceu na quinta-feira passada para um culto religioso e teve o aval da EPTC. Os comerciantes e usuários da área realmente não têm sorte. Quando a via não está alagada, está entupida.

Grande Campeão


MAURO MORAES/DIVULGAÇÃO/JC
O diretor financeiro do BRDE, Odacir Klein, recebeu a Medalha do Mérito Cooperativista em Curitiba. A láurea foi entregue pelo governador do Paraná, Beto Richa (PSDB) e pelo presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken. Depois de receber a medalha, Klein disse que se sentia como "Reserva de Grande Campeão", na linguagem nas premiações da Expointer.
 

Retratos de imprudência I

Um senhor idoso atravessa a avenida Salgado Filho fora da faixa de segurança - distante a quatro metros dele - e vindo de trás de um ônibus que começa a acelerar com o sinal aberto, pesadelo de motorista. Na mesma hora e lugar, uma senhora idosa era levada pela mão de uma garota também fora da faixa.

Retratos de imprudência II

Também na mesma hora só que do lado oposto da Salgado Filho, um cidadão foi atropelado. Tentou atravessar fora da faixa e com sinal fechado. Tudo isso aconteceu às 14h de sexta-feira. Em todos os três casos, os protagonistas eram pessoas bem vestidas. É um milagre que não morra mais gente atropelada.

Os pecados do engenheiro

Na premiação do Engenheiro do Ano, promovida ontem pela Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul, o presidente da entidade, Luis Roberto Ponte, começou seu discurso assim: "Tenho consciência de que devo ser breve. Peço a Deus que me capacite a ser conciso, mas não sei se Ele atenderá meu pedido, tantos são os meus pecados".

A obra do século

O Caderno Panorama de hoje mostra mais uma marcha à ré no Centro Cultural Caixa, revitalização dos antigos cinemas Imperial e Guarani, na Rua da Praia. As obras têm no mínimo oito anos. Neste tempo via-se gente trabalhando, mas quase como indicando o que em sinuca chama-se "a não fazer".

A Gramado suíça

O prefeito de Gramado, Fedoca Bertolucci (PDT), está todo pimpão. A cidade foi objeto de ampla matéria no The Washington Post na quinta-feira. "Eles começam a comemorar o Natal em outubro" - informa a reportagem assinada por Andrew Jenner - "esticado ao longo de 81 dias em uma pequena cidade brasileira que canaliza vibrações suíças", descreve o jornalista.

Sucessão familiar

O Jornal do Comércio vai promover um evento para tratar sobre sucessão empresarial e apresentar cases de sucessão destacados no GeraçãoE. O evento ocorre na sede do JC, nesta quinta-feira, às 8h30min e tem vagas limitadas! Inscreva-se gratuitamente pelo link bit.ly/jcsucessao.

Tempo: seco

O Rio Grande do Sul teve um início de semana muito quente e com forte queda nos níveis de umidade do ar. Quaraí e Uruguaiana chegaram a registrar umidade de 13% na tarde de domingo. Segundo o Inmet, Uruguaiana teve ontem novamente uma tarde extremamente seca, com umidade do ar de 11%, mas com temperatura de 30°C. Índices abaixo de 12% caracterizam situação de emergência.

Miúdas

  • DEPOIS de 122 anos de história, fechou a fábrica das famosas Panelas da Vovó em Montenegro.
  • ASSIM como todas as famílias tiveram ou tem um produto Tramontina, todas as cozinhas tinham a Panela da Vovó.
  • AVANÇOS na economia do governo Michel Temer (PMDB) não darão votos, diz cientista político Carlos Melo.
  • EM compensação, quando ela vai mal tira barbaridade. É como certas corporações. Crítica, só a favor.
  • TRENÓ de Papai Noel demora cada vez mais a chegar. Talvez esteja com IPVA vencido ou topou com a Balada Segura.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia