Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 07 de janeiro de 2018.

Jornal do Comércio

Empresas & Negócios

COMENTAR | CORRIGIR

Leitura

Notícia da edição impressa de 26/12/2017. Alterada em 26/12 às 15h18min

Trabalho

A alteração na Consolidação das Leis de Trabalho (CLT), por meio da Lei n.13.467 de 2017, que entrou em vigor no dia 11 de novembro do mesmo ano, trouxe a polarização junto das tantas mudanças na relação empregador e empregado. Algumas das alterações mais importantes são os acordos entre patrão e funcionários, que agora podem prevalecer sobre a legislação vigente; a flexibilização nos planos de carreira e nos horários de descanso; os novos tipos de contratação e demissão instituídos, além das mudanças na Justiça do Trabalho, que acontecem desde a segunda semana de novembro.
Com base no texto da reforma trabalhista é que o professor mestre, advogado e perito judicial Gleibe Pretti elabora uma revisão técnica, analisando, de forma direta e objetiva, ponto a ponto da nova Lei. O livro Comentários à lei sobre a reforma trabalhista - o que mudou na CLT e nas relações de trabalho está estruturado, primeiramente, com o texto legal, seguido pelo apontamento do autor e, na sequência, o aprofundamento sobre a matéria analisada.
Pretti também tece comentários sobre a Jurisprudência e os conceitos básicos sobre a alteração da CLT, mas acrescenta em sua apresentação da obra não esgota o tema, "pois como sabemos, uma nova lei ou uma reforma dessa monta, trará muitas interpretações distintas acerca dos assuntos novos".
Comentários à lei sobre a reforma trabalhista - o que mudou na CLT e nas relações de trabalho; Gleibe Pretti Editora LTr 112 páginas R$ 75,00

Economia

Com o Se liga no dinheiro, o escritor e músico inglês Marcus Weeks marca uma trilogia conectando as pessoas à temas comuns, muitas vezes despercebidos, da vida em sociedade. Depois do Se liga em filosofia, que propõe uma discussão sobre aspectos morais, éticos e sociais deste século e do Se liga em psicologia, que abrange os mecanismos da consciência humana, a nova obra explora temas relacionados à finanças e como lidamos com o dinheiro.
Você tem controle sobre o que gasta? Como adquirir este controle? Quem decide quanto vale um produto? São alguns dos questionamentos propostos, sempre levando em conta o ciclo monetário, que vai desde a compra de produtos a aplicação em poupanças e investimentos.
Publicado na Inglaterra com o título The Economics Book em 2012, sua versão traduzida chega ao mercado nacional cinco anos após lançamento. O livro reúne mais de 100 grandes teorias e práticas econômicas de pensadores como Aristóteles e John Maynard Keyne. Voltado para os jovens, os conceitos econômicos são apresentados de forma clara e inteligível, além de trazer um glossário de termos e aplicações práticas. A edição traduzida acrescenta informações nacionais à obra, atualizando a tributação, legislação e o desempenho brasileiro durante a crise mundial de 2008.
Se liga no dinheiro, Marcus Week Editora Globo Livros 160 páginas R$ 44,90 

Empreender

Empreendedor em série, Felipe Matos já apoiou mais de 10 mil startups em 20 anos de carreira. Agora, com o livro 10 Mil Startups - Guia prático para começar e crescer um novo negócio baseado em tecnologia no Brasil compartilha seus milhares de "cases", elaborando um passo a passo, que vai desde a abertura até as principais fases de crescimento de uma empresa. O guia trata, de forma didática e simples, sobre questões básicas para quem deseja abrir o próprio negócio e para os que buscam alavancar a produtividade de seus empreendimentos.
Esta é a primeira obra literária de Felipe Matos, sócio fundador e Head de Ecossistema da Startup Farm, eleita a melhor aceleradora pelo Startup Awards 2017. Matos também foi diretor do programa Start-Up Brasil do governo federal por dois anos, onde teve a oportunidade de apoiar dezenas de empreendimentos brasileiros.
Investimento, sociedade, formação de equipe, aceleração, vesting, MVP e relação com fundos e parceiros corporativos são alguns dos tópicos principais. O livro ainda acompanha um código que disponibiliza ferramentas para download (guias, planilhas e modelos de apresentação), acesso a vídeos e descontos em serviços on-line citados na obra.
10 Mil Startups - Guia prático para começar e crescer um novo negócio baseado em tecnologia no Brasil, Felipe Matos, Editora Mariposa Cultural; 200 páginas 45,90
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
TADEO DA SILVA 06/01/2018 22h04min
Não dá para negar que esta reforma trabalhista recém aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente Temer, é um retrocesso nas relações trabalhista e muito prejudicial á parte mais fraca desta relação que são os trabalhadores, pois a partir de agora, ficam á mercê da consciência ou não dos empregadores ( Patrôes.). Com esta "reforma", conseguiram até tirar o poder de justiça da justiça do trabalho.