Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 30 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

palácio do planalto

Notícia da edição impressa de 30/11/2017. Alterada em 29/11 às 22h43min

Temer reúne partidos para discutir votação

O presidente Michel Temer (PMDB) convocou presidentes e líderes de partidos para um jantar no domingo para discutir a viabilidade de se votar a reforma da Previdência. O encontro acontecerá na residência oficial do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e contará com a participação dos ministros Henrique Meirelles (PSD), da Fazenda, e Dyogo Oliveira, do Planejamento.
Temer quer conversar com os comandos dos partidos para ter uma noção real do número de votos da base aliada. Hoje, o presidente sabe que ainda está longe dos 308 votos para aprovar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC). Os cálculos de governistas variam de pessimistas 150 a otimistas 275 votos a favor da reforma. Aliados do governo dizem que o que inviabiliza a reforma Previdenciária é a proximidade das eleições de 2018.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia