Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 01 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

eleições

Alterada em 01/11 às 11h49min

O que é em 2018 fica em 2018, diz Meirelles, sobre eleição

Ministro não negou completamente a possibilidade de participar do pleito em 2018

Ministro não negou completamente a possibilidade de participar do pleito em 2018


EVARISTO SA/AFP/JC
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, voltou a dizer que sua declaração de que "ser vice-presidente é interessante" foi em tom de brincadeira. Apesar disso, ele não negou completamente a possibilidade de participar da eleição em 2018. "Questão da vice-presidência não existe. Foi só uma reação de bom humor a uma brincadeira feita pelo presidente do encontro", disse em entrevista à Rádio CBN na manhã desta quarta-feira (1), ao referir-se ao empresário Luiz Fernando Furlan, presidente do Lide.
Segundo ele, depois da reposta bem-humorada, ele disse claramente que não era candidato. "Já considerei duas vezes essa possibilidade, mas decidi não aceitar e não seria agora que isso faria sentido."
Sem negar completamente, contudo, essa possibilidade, Meirelles disse que há uma discussão natural sobre 2018. "O que é em 2018 fica em 2018. No futuro, tomamos decisão certa para todos", afirmou, acrescentando que, atualmente, está cumprindo sua tarefa de recuperar a economia.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia