Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 16 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

Notícia da edição impressa de 17/11/2017. Alterada em 16/11 às 20h25min

Os 180 anos da Brigada Militar

Paulo Franquilin
A Brigada Militar gaúcha chega aos seus 180 anos neste sábado, 18 de novembro de 2017, com uma história ligada ao nosso Estado e ao Brasil, estando envolvida em diversos fatos importantes, destacando-se pela sua perfeita integração com a comunidade rio-grandense. No longínquo ano de 1837, em plena Revolução Farroupilha, foi criada para proteger a população de Porto Alegre, e, com o passar dos anos, foi expandindo-se para outros municípios, passando a fazer parte de cada comunidade onde se instalava. Ao longo de mais de um século esteve envolvida em guerras e revoluções, destacando-se a Federalista, de 1893, a Assisista, de 1923, a Revolução de 1930, passando pela Constitucionalista em 1932, a Intentona Comunista de 1934, chegando à Legalidade no ano de 1961.
Depois teve um período de avanços na direção do envolvimento com a comunidade, sendo criados, na década de 1950, os "Abas Largas", primeira forma de polícia montada e os "Pedro e Paulo", atuação em duplas que patrulhava as ruas. Na década de 1960, surgiram as "Rádio Patrulhas", pioneiras do patrulhamento motorizado, passando por ações de repressão às manifestações populares durante a ditadura militar. Após a abertura no final dos anos 1970, foi tornando-se mais integrada à comunidade, chegando ao ano de 1988, com a Constituição Cidadã, a tornar-se uma instituição protetora dos direitos fundamentais de todos os gaúchos. Chega aos 180 anos como uma polícia prestadora de serviços à comunidade gaúcha, auxiliando na proteção de todos, preservando a vida e interagindo com todos os segmentos sociais.
Tem ainda a preocupação com a prevenção da criminalidade na atuação em projetos sociais, atuando na orientação contra as drogas e na proteção dos direitos de crianças e adolescentes de todas as classes sociais. Parabéns a todos os integrantes de Brigada Militar pelos 180 anos de existência da nossa Briosa!
Oficial da Reserva da BM e jornalista
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia