Porto Alegre, quarta-feira, 01 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Maioria dos mortos de atentado em Nova Iorque eram argentinos

Das oito vítimas do atentado terrorista ocorrido em Nova York nesta terça-feira (31), cinco eram turistas argentinos que estavam na cidade para cumprir uma promessa antiga. O grupo celebrava os 30 anos de sua formatura do Colégio Politécnico de Rosário na visita à metrópole americana e foi vítima de um terrorista uzbeque que atropelou diversas pessoas em uma ciclovia. Dirigindo uma caminhonete alugada, Sayfullo Saipov, de 29 anos, atropelou pedestres e ciclistas e, além dos oito mortos, deixou pelo menos 11 feridos antes de ser alvejado por um policial e detido. Segundo a TV CBS, o suspeito nasceu no Uzbequistão, mas mora em Tampa, na Flórida, desde 2010. De acordo com o jornal The New York Times, após sair do carro, o homem gritou a frase “Allahu Akbar” (Deus é grande, em árabe) e deixou anotações no carro em que declarava lealdade ao Estado Islâmico.
 

FOTO DON EMMERT/AFP/JC