Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 30 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Libertadores

Notícia da edição impressa de 01/12/2017. Alterada em 30/11 às 22h07min

Elenco do Grêmio é recebido com festa em Porto Alegre

Jogadores desfilaram pelas ruas da cidade antes de festa na Arena

Jogadores desfilaram pelas ruas da cidade antes de festa na Arena


/MARCELO G. RIBEIRO/JC
Mais de 20 mil gremistas festejaram, nesta quinta-feira, a conquista do tricampeonato da Libertadores da América na Arena. O megaevento teve início por volta das 13h, quando os jogadores retornaram de uma carreata, ao som de trio elétrico, que começou as 9h pela zona Norte e pelo Centro de Porto Alegre.
Durante os festejos no interior da casa gremista, com microfone em punho, o atacante Luan, autor de um dos gols na vitória por 2 a 1 sobre o Lanús, entoava cânticos da Geral, levando a massa ao delírio. Já o técnico Renato Portaluppi fez uma comemoração um pouco mais tímida dentro do gramado, saudando os torcedores e retornando ao vestiário para dar entrevista aos jornalistas.
Não faltou a corneta ao maior rival na chegada à Capital. Depois de três horas de atraso devido a uma paralisação no aeroporto de Ezeiza, na Argentina, os gremistas chegaram nos braços do povo. Os gritos de "O campeão voltou" deram lugar ao "Não é mole não. O Grêmio é tri, e o Sasha é um c...", cantavam, em alusão ao atacante Eduardo Sasha, do Inter. A rivalidade com o atacante colorado vem do título gaúcho de 2016, quando ele pegou uma bandeira de escanteio e dançou a "valsa dos 15 anos", simbolizando o período sem títulos do Grêmio.
Luan, depois da partida, já tinha usado o mesmo palavrão para se referir ao jogador do Inter. Desta vez, pegou o microfone e regeu a torcida cantando o mesmo. Em seguida, foi a vez de Edílson repetir o que tinha feito em seu Instagram. Cantou: "Um minuto de silêncio... Para o Inter que está morto", para vibração da Arena.

Tricolor terá time e comissão técnica reservas na despedida do Brasileirão

Todos os jogadores que participaram da conquista da Libertadores da América, assim como a comissão técnica, receberam folga assim que desembarcaram em Porto Alegre e só se reapresentarão na próxima segunda-feira. Desta forma, o Grêmio irá a Minas Gerais, no domingo, às 17h, enfrentar o Atlético-MG com uma equipe formada basicamente por jogadores das categorias de base do clube.
Para ficar com o vice no Campeonato Brasileiro - o que lhe renderia uma boa premiação - o Tricolor não depende apenas de si próprio. Além de vencer os mineiros, precisa torcer para que o Palmeiras não derrote o Atlético-PR, na Arena da Baixada. 

Lista para o Mundial não conta com o autor do gol da primeira partida da decisão

Autor do gol da vitória sobre o Lanús por 1 a 0, no primeiro jogo da final da Libertadores, o meia Cícero está fora da lista de inscritos pelo Grêmio no Mundial de Clubes, que será realizado nos Emirados Árabes. A relação dos inscritos dos sete times participantes da competição foi divulgada no site da Fifa nesta quinta-feira.
Cícero foi contratado em setembro após o fim da janela de transferência. Assim como o meia, o volante Cristian, que veio do Corinthians, também não está na lista. A Fifa permite a inscrição de apenas 23 atletas. No torneio sul-americano, a Conmebol libera 30 jogadores.
A novidade na relação é o volante Maicon, que se recupera de uma lesão no tendão de Aquiles. O Tricolor estreia direto na fase semifinal, marcada para 12 de dezembro, diante do vencedor do confronto entre Pachuca e Wydad Casablanca, que jogam três dias antes.
A lista gremista tem Marcelo Grohe, Edílson, Pedro Geromel, Kannemann, Cortez, Michel, Luan, Maicon, Jael, Everton, Bruno Rodrigo, Rafael Thyere, Ramiro, Lucas Barrios, Fernandinho, Bressan, Jailson, Marcelo Oliveira, Kaio, Arthur, Bruno Grassi, Paulo Víctor e Léo Moura.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia