Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 30 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Libertadores

Alterada em 30/11 às 13h54min

Torcedores tomam ruas de Porto Alegre em carreata com time do Grêmio

Após passar pela região Central, jogadores seguiram para a Arena do Grêmio

Após passar pela região Central, jogadores seguiram para a Arena do Grêmio


FOTOS MARCELO G. RIBEIRO/JC
Stéphany Franco
Já era possível encontrar, ainda no início da manhã desta quinta-feira (30), torcedores concentrados na região central de Porto Alegre, à espera da delegação do Grêmio, que desembarcou hoje no Aeroporto Salgado Filho. O time gaúcho conquistou o tri da Libertadores da América, após vitória por 2 a 1 sobre o Lanús, na Argentina, na noite desta quarta (29).
Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Renato Portaluppi provocou a torcida rival e 'decretou' feriado facultativo na Capital. Respeitando a ordem do treinador do time gremista, uma multidão se reuniu nos entornos da rodoviária de Porto Alegre para prestigiar os tricampeões. 
"O Renato disse que era feriado e eu vim", conta o auxiliar de limpeza Rodrigo Soares, que, segundo ele, decidiu se dar folga neste dia festivo para a torcida tricolor. De acordo com Soares, a festa se estenderá ao longo do dia. "Depois daqui vou até a Arena, não posso perder a oportunidade de ver o meu time do coração". Para o aposentado Francisco Oliveira, não há nada mais importante do que a conquista do título. "Quando a vitória foi confirmada fiquei muito emocionado. O Grêmio merecia esse campeonato", ressalta.
Torcedor fanático, Tiago Ribeiro garante que o amor pelo tricolor gaúcho vem de berço. "Na minha família todos são gremistas apaixonados. Não há nada mais bonito do que essa conquista para a torcida", diz. Ribeiro conta que a comemoração do título na noite de quarta-feira (29) foi contida, mas que não tinha como não ir para a rua nesta manhã acompanhar a chegada do time. "Trouxe a minha sobrinha junto porque esse amor vem de geração em geração", revela. Ribeiro ressalta que já está ansioso pelo Mundial e que acredita que é possível o Grêmio levar o título. "Eu já nasci campeão do mundo, quero poder ver o meu time 'mandar' no mundo mais uma vez".
> Torcedores se concentram na rodoviária
"Torcedor que é torcedor faz sacrifícios", conta o vigia noturno Marcelo Bolner, que está a mais de 24h sem dormir, entusiasmado com o tri da América. "Na hora do jogo eu estava trabalhando. Estou exausto mas não ia conseguir ir pra casa descansar sem ver a taça antes. É muita emoção", diz.
Moradores de Garopaba, Santa Catarina, o empresário Silvio Nei Correia e seu filho, Lucas Lavall, foram prestigiar o time gremista na Argentina. "Não íamos viajar para a Argentina, mas de última hora conseguimos ingressos e passagem de avião, foi obra do destino", conta Correia, que pela primeira vez esteve em uma final de campeonato. 

Lucas Lavall e Nei Correia foram à Argentina assistir ao time do coração.

Segundo César Marroni, que fez aniversário no dia da conquista do tricampeonato, não poderia haver presente melhor do que a conquista do título. "Assisti ao jogo na avenida Goethe junto com os meus amigos e familiares. Ganhei até uma camiseta oficial de aniversário", conta emocionado.

Aniversariante no dia da conquista, César Marroni ganhou uma camiseta oficial de presente.

A festa da torcida continua durante à tarde na Arena do Grêmio: os portões estão abertos para receber quem quiser comemorar mais um título do tricolor gaúcho junto com os jogadores e a equipe técnica.
Depois das comemorações, equipe e torcedores gremistas já se preparam para os jogos do Mundial de Clubes nos Emirados Árabes Unidos. A primeira partida do Mundial está marcada para o dia 12 de dezembro, contra o vencedor do confronto entre Pachuca e Wydad Casablanca, que jogam no dia 9 de dezembro.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia