Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 27 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Libertadores

Notícia da edição impressa de 28/11/2017. Alterada em 27/11 às 22h16min

Conmebol barra escalação de Kannemann

Com a suspensão do argentino confirmada, Bressan será titular

Com a suspensão do argentino confirmada, Bressan será titular


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) rejeitou o pedido da direção do Grêmio para retirar o cartão amarelo apresentado ao zagueiro Kannemann no jogo de ida da final da Libertadores da América, contra o Lanús. A entidade não esclareceu a razão pela qual tomou a decisão, e o departamento jurídico gremista irá avaliar se cabe recorrer. A direção havia elencado uma série de reclamações em protesto à Conmebol, onde foi representada pelo presidente Romildo Bolzan Júnior.
Com o cartão mantido, o argentino está fora da grande decisão, que ocorre amanhã, às 21h45min, no estádio La Fortaleza. Ontem, os comandados de Renato Portaluppi realizaram o último treino em Porto Alegre, com portões fechados, e embarcaram no final da noite para Buenos Aires. Hoje à tarde, o Tricolor fará o reconhecimento do palco da partida.
Caso o treinador não faça nenhuma mudança surpreendente, o time está definido para encarar o Lanús. O escolhido para substituir Kannemann será Bressan. Já o restante da equipe permanece a mesma que venceu a primeira partida por 1 a 0.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia