Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 23 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Série b

Notícia da edição impressa de 23/11/2017. Alterada em 22/11 às 21h44min

Colorado deve ter Nico López no ataque na última rodada

Uruguaio foi escalado nas duas formações testadas em treinamento

Uruguaio foi escalado nas duas formações testadas em treinamento


RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
O Inter deve ter uma escalação diferente para seu último jogo pela Série B do Campeonato Brasileiro, neste sábado, no Beira-Rio, contra o Guarani. Ontem, a equipe, comandada interinamente por Odair Hellmann, foi testada em duas formações: a primeira, no esquema 4-2-3-1, e a segunda, no 4-4-2. Em ambas, Nico López foi escalado no ataque.
Eduardo Sasha e Victor Cuesta não participaram da atividade no CT Parque Gigante. Sasha sente um desconforto na coxa esquerda, enquanto o zagueiro realizou atividades físicas especiais. Não há garantia da presença de nenhum deles diante da equipe de Campinas. Já o centroavante Leandro Damião está suspenso, o que levou Hellmann a experimentar duas formações, com mudanças específicas do meio para a frente.
No 4-2-3-1, Edenílson e Dourado foram escalados como volantes, com Pottker na direita, Camilo na esquerda e D'Alessandro centralizado. Nico López era o único atacante, e, na zaga, Léo Ortiz entrou na vaga de Cuesta. Depois, D'Alessandro treinou adiantado, e a formação virou um 4-4-2, com o argentino e o uruguaio na frente, lado a lado. Neste momento, a ordem foi para os meias abertos centralizarem um pouco.
Já classificado para a Série A, o Inter ainda busca o título da segundona. Para isso, precisa vencer o Guarani e torcer para que o América-MG não derrote o CRB, em Belo Horizonte. A CBF informou ontem que, para não deixar o possível campeão sem a comemoração oficial, levará taças idênticas para Porto Alegre e para a capital mineira.
Fora de campo, tudo indica que Abel Braga será o técnico colorado em 2018. Mas a contratação só deve ser anunciada após os jogos do Fluminense - atual clube do treinador - no Brasileirão.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia