Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 20 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Alterada em 20/11 às 19h19min

Fluminense ganha, se garante na elite e mantém a Ponte Preta na zona da degola

Com dois gols chorados - marcados por Douglas e Henrique Dourado - no segundo tempo, o Fluminense garantiu a permanência na elite do Campeonato Brasileiro ao vencer a Ponte Preta por 2 a 0, nesta segunda-feira, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 36.ª e antepenúltima rodada. De quebra, manteve o adversário na zona de rebaixamento.
Com 46 pontos, o Fluminense não corre mais risco de cair para a Série B e subiu para a 14.ª colocação. Já a Ponte Preta completou quatro meses sem vencer como visitante e segue na zona de rebaixamento, em 17.º lugar, com 39 pontos, um a menos que o Vitória, adversário do próximo domingo, em Campinas (SP).
O primeiro tempo foi de ataque contra defesa. Jogando em casa, o Fluminense teve muito mais posse de bola, mas encontrava dificuldades para entrar na área adversária, tanto que as únicas chegadas foram em chutes de longa distância.
Aos 29 minutos, em uma situação inusitada, Naldo cometeu duas faltas em um mesmo lance e acabou sendo expulso pelo árbitro gaúcho Anderson Daronco, que mostrou o cartão amarelo e depois o vermelho. Mesmo com um homem a menos, a Ponte Preta conseguiu se segurar e a torcida carioca se mostrava impaciente com o Fluminense. Já no fim do primeiro tempo, Nino Paraíba cruzou e Léo Gamalho cabeceou para defesa do goleiro Diego Cavalieri, em uma das poucas chegadas dos campineiros.
A pressão tricolor continuou no segundo tempo. Sornoza cabeceou a bola na trave e Marcos Júnior finalizou no cantinho para linda defesa de Aranha. Aos 14 minutos, Henrique cabeceou e o goleiro pontepretano salvou, mas, no rebote, Douglas aproveitou bate e rebate e abriu o placar no estádio do Maracanã.
O Fluminense continuou em cima da Ponte Preta. Henrique Dourado finalizou para defesa de Aranha. Na sequência, Marcos Júnior bateu e Nino Paraíba salvou de cabeça quase em cima da linha. Aos 41 minutos, Gustavo Scarpa bateu colocado e a bola explodiu no travessão. No rebote, Henrique Dourado cabeceou e marcou o seu 18.º gol no campeonato, alcançando Jô, do Corinthians, na artilharia do Brasileirão.
O Fluminense volta a campo no próximo sábado contra o Sport, às 17 horas, novamente no estádio do Maracanã, enquanto que a Ponte Preta recebe o Vitória no domingo, às 17 horas, no estádio Moisés Lucarelli. Os jogos serão válidos pela 37.ª rodada, a penúltima da temporada.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia