Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 18 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

automobilismo

18/11/2017 - 13h18min. Alterada em 18/11 às 13h38min

Piloto britânico morre em acidente de moto no GP de Macau

Daniel Hegarty durante uma volta no circuito de Macau

Daniel Hegarty durante uma volta no circuito de Macau


Nora Tam/AFP PHOTO/SCMP/JC
O piloto britânico Daniel Hegarty morreu neste sábado na prova de moto do GP de Macau, na China. Ele sofreu grave acidente na sexta volta da corrida de rua, que conta também com outras categorias, não resistiu aos ferimentos e faleceu no caminho até o hospital, segundo a organização da prova.
Hegarty, de 31 anos, perdeu o controle da sua moto, da equipe Topgun Racing Honda, e foi arremessado com força contra as barreiras do traçado de rua. O impacto foi tão violento que o piloto perdeu o capacete no acidente e permaneceu inerte no asfalto. Ele recebeu atendimento médico na hora, mas não resistiu a caminho do hospital.
A corrida foi interrompida imediatamente após o acidente fatal e não teve reinício. O piloto Glenn Irwin, da Irlanda do Norte, foi declarado o vencedor da prova. Era a segunda participação de Hegarty na prova anual. Na edição do ano passado, ele terminou no 16º lugar.
"A família de Daniel já foi informada e a organização vai garantir toda a assistência a eles. O GP de Macau estende as suas mais profundas condolências aos familiares e amigos de Daniel", informou a organização da corrida.
Não é a primeira vez que a corrida de moto do GP de Macau acaba com tragédia. Disputada desde 1954, a prova foi palco da morte do português Luis Carreira, também de moto, na edição de 2012. Ele morreu em acidente sofrido no treino classificatório.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia