Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 29 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Conjuntura internacional

Alterada em 29/11 às 17h35min

Pressões sobre preços se fortaleceram, diz Livro Bege do Fed

A atividade econômica nos Estados Unidos se expandiu a "um ritmo modesto a moderado" nas últimas semanas, em meio a sinais de elevação nos preços e da manutenção da força nos mercados de trabalho, afirmou o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) em seu Livro Bege nesta quinta-feira. O documento é um sumário com avaliações sobre o ambiente econômico no país e embasa as decisões dos dirigentes da instituição.
As pressões sobre os preços se fortaleceram desde o último Livro Bege, disse o Fed nesta quarta-feira. A maior parte dos distritos reportou crescimento modesto a moderado nos preços de vendas e elevações modestas nos custos com insumos. Os sinais de pressão inflacionária corroboram o plano do Fed de elevar gradualmente os juros. Os dirigentes demonstram certa perplexidade com a surpreendente moderação dos preços nos últimos meses.
O Livro Bege mostrou que a maior parte dos distritos também via crescimento de modesto a moderado no emprego, entre outubro e 17 de novembro. Os números sobre gastos dos consumidores em varejo e automóveis vieram mistos, mas em geral estáveis, diz a pesquisa, segundo a qual a perspectiva para as vendas no feriado do Dia de Ação de Graças eram em geral otimistas. A atividade manufatureira se expandiu em todas as regiões, enquanto no setor imobiliário houve um pequeno crescimento da construção e das vendas de moradias, na maioria dos distritos.
O Livro Bege abrange informações coletadas sobre a atividade econômica de 12 bancos distritais. O documento mostrou que os efeitos posteriores aos furacões que atingiram parte do país ainda impactam na economia. Os custos com material de construção aumentaram na maior parte das regiões, com muitos distritos citando a maior demanda por causa dos esforços de reconstrução. O distrito de Dallas disse que os negócios em geral voltaram ao normal, após o furacão Harvey.
Há no Livro Bege uma visão relativamente otimista sobre as condições do país. O crescimento no emprego aumentou e as empresas têm dificuldade para encontrar trabalhadores mais qualificados. Apesar do mercado mais apertado, a maioria dos distritos reportou apenas pressão modesta a moderada sobre os salários.
O relatório é divulgado duas semanas antes da reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), na qual os investidores em geral aguardam uma elevação de juros.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia