Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 26 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Turismo

Notícia da edição impressa de 27/11/2017. Alterada em 26/11 às 22h31min

Brasil busca investimentos chineses em hotelaria e parques temáticos

A captação de investimentos para o turismo nacional foi um dos assuntos tratados na sexta-feira, em São Paulo, no Seminário Brasil-China sobre Comércio em Serviços, promovido pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços do Brasil (Mdic) em parceria com o governo chinês.
No evento, que contou com as presenças do coordenador-geral de Atração de Investimentos do Ministério do Turismo do Brasil, Rodrigo Marques, técnicos do Mdic e a vice-ministra de Comércio da China, Gao Yan, foi debatida a criação de uma agenda conjunta para a apresentação de possíveis negócios em áreas como hotelaria e parques temáticos.
Em 2016, mais de 130 milhões de chineses viajaram pelo mundo, mas pouco mais de 50 mil escolheram o Brasil como destino. Os principais interesses dos viajantes daquele país são por turismo de observação, natureza, histórico e cultural, vocações naturais do Brasil.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia