Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 20 de novembro de 2017.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Energia

Alterada em 20/11 às 14h50min

Cemig GT e Cemig D fecham acordo para refinanciar até R$ 4 bilhões

A Cemig fechou acordo de reperfilamento de dívida de suas subsidiárias de geração e distribuição, Cemig GT e Cemig D, com seus principais bancos credores. Conforme comunicado, o acordo é para refinanciar seus endividamentos de curto e médio prazos, representando até R$ 4,0 bilhões, no intuito de equilibrar seus fluxos de caixa. Os nomes dos bancos não foram revelados.
As dívidas que vencem a partir de 2017 foram substituídas por novas, sendo que no caso da Cemig GT as amortizações estão programadas para ocorrer em 36 parcelas mensais a partir de janeiro de 2019 e para a Cemig D, a partir de julho do mesmo ano. "O custo da nova dívida está em linha com as taxas praticadas pelo mercado para empresas do porte da Cemig, que é forte geradora de caixa", diz a companhia mineira em fato relevante, divulgado nesta segunda-feira (20).
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia